Cinco nomes para ficar de olho no primeiro semestre

Mozart Maragno
Com o início dos estaduais, regionais e Libertadores, o Olheiros separou cinco atletas sub-20 do futebol brasileiro para que você, caro leitor, fique de olho neste primeiro semestre. Confira:
Arthur Gomes (98) – Santos
O garoto santista começou a temporada voando nos amistosos e foi premiado com  minutos e gol na estreia do Campeonato Paulista. Ponta arisco, rápido, forte e habilidoso, tem boa tomada de decisão e técnica para finalizar. Dorival Júnior promete não interromper a sequência positiva com novas chances. Elogiado pela boa cabeça e o foco na carreira, Arthur é nome para Rogério Micale olhar com carinho visando o Mundial Sub-20.
Vitinho (98) – Palmeiras
O meia alviverde tivera seus minutos no Brasileirão 2016 e não impressionou tanto. Porém, a partir da Copa RS Sub-20, voltou a desfilar seu talento, nítido desde a equipe sub-17 de 2014, que contava com a sensação Gabriel Jesus. Com um gol antológico contra o Peñarol, aplicando elástico, Vitinho foi levado por Eduardo Baptista direto para a pré-temporada, na qual marcou um belo tento no amistoso contra a Chapecoense. Resta saber se terá mais chances no inchado elenco do Palmeiras. Nome forte, também, para a seleção sub-20.

Matheus Anjos (98) – Atlético Paranaense

Sensação da base do Furacão em 2016, Matheus Anjos é aquele meia inteligente, técnico e com a personalidade dos que querem um lugar ao sol logo cedo no futebol. Utilizado pelo técnico Paulo Autuori no time misto do Campeonato Paranaense, fez dois gols em duas partidas e deu uma assistência, ganhando os corações dos torcedores. Vale destacar o lindo gol do que fez pelo sub-20 do clube no ano passado (https://www.youtube.com/watch?v=CxVyThhAB2w)

 

Matheus Fernandes (98) – Botafogo
Matheus Fernandes é tratado como uma grande joia no Botafogo, e, nesta temporada, começa a ganhar chances reais no time de cima. Jair Ventura inscreveu o jovem volante para a Libertadores, e já o acionou no duro confronto contra o Colo-Colo, quando Matheus entrou na segunda etapa substituindo Camilo. Com boa saída de jogo e um excelente vigor físico, tem chances de, em breve, assumir a titularidade.
Pedro (97) – Fluminense
O camisa 9 e artilheiro da base tricolor começou a temporada com chance dada por Abel Braga na Primeira Liga. Pedro entrou na segunda etapa diante do Criciúma e “brocou” logo de cara, num lance que uniu bom confronto físico com o zagueiro e frieza pra definir. Com Henrique Dourado inconstante e sem a confiança do torcedor, seu nome tende a ser cada vez mais pedido. Cabe a Abel seguir incrementando minutos ao garoto no profissional.